sábado, 18 de janeiro de 2014

Coração Inquieto e Mente Barulhenta



É engraçado como a vida pode nos virar do avesso, um sorriso, um coração calmo e uma mente brilhante - de repente lágrimas, um coração inquieto e uma mente barulhenta.

O mar se transformou em deserto, o dia virou noite e o seu aconchego virou saudade. O tempo que planejei... planejamos foi-se tão rápido como uma noite mal dormida não foi. E como todo fim eu me enchi de perguntas, falsas esperanças, uns goles de bebida e grandes olheiras.

A porta ficou aberta, a ferida também, a ferida não quis cicatrizar e eu não quis fechar a porta, afinal, quem sabe você volta? Ou quem sabe você jogue mais alguma bomba na minha vida e destrua de vez essa dor. Não imaginei que o coração pudesse bater tão rápido e que uma mente pudesse ser tão destrutiva.

Desligo o celular, o computador, guardo sua foto e mesmo assim você vem me incomodar, me afrontar, me atormentar. Eu juro que eu brigo, eu luto, sou forte, mas é uma luta inglória onde meu adversário é meu próprio coração.

Talvez, um dia eu termino de escrever um livro, ou ao menos uma canção...

(Marcos Ferna)

VEJA TAMBÉM
Último Suspiro
"O mundo está acabando e em você eu estarei pensando"
"O Amor que não deu certo"