sábado, 27 de agosto de 2011

"Eu lembro de você todo dia"



Olhe no meu rosto, olhe bem no fundo dos meus olhos e diga pra mim, diga que não significa mais nada, diga que toda historia é apenas passado e acabe de vez com o que resta do meu coração.

Olhe nos meus olhos e tome coragem para me dizer que o que nunca teve coragem, diga, vai, diga que não me ama mais, diga já esta feliz, diga que eu errei , só não diga que nunca me amou,  só não diga...

Eu não consigo nem escrever algumas palavras sobre você que as lágrimas já começam a cair, o peito entorpecido de saudades dói e eu tudo o que eu queria nesse momento era um abraço seu para me acalmar e dizer que esta tudo bem, que esta tudo bem.

Eu queria poder acordar e simplesmente não lembrar que você existe, mas droga, isso é impossível e por mais exagerado que possa parecer, você é o meu primeiro pensamento ao acordar todo santo dia e saber que não vou nunca mais te ter dói demais o meu peito.

Queimei todas as fotos e rasguei todas as cartas, mas o que fazer com o meu coração? O que fazer com o meu coração que lembra de cada detalhe do seu corpo, da sua alma, do seu passado, do que você é. É sufocante, eu lembro de você todo santo dia, a cada pulsação, a cada respiração eu lembro de você.

Vá, siga seu destino e não olhe para trás, eu simplesmente não quero que você me veja com o rosto vermelho, inchado e cheio de lágrimas, ajoelhado no chão pedindo à Deus que te impeça de ir, o mundo desmorona e admito que terei de ir atrás de você em outra vida, pois nessa eu te perdi.


(Marcos Ferna)


VEJA TAMBÉM:

9 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. muito bom o que você escreve, mas é tão frio, tão quente, tão só, tão triste, e consegue passar sua tristeza para quem lê, pra mim conseguiu :/ tristeza inspira, mas tambem aos poucos vai nos matando por dentro.

    ResponderExcluir
  3. precioso como siempre! tienes un regalito en mi blog ;) http://fussionlove.blogspot.com un beso (L)

    ResponderExcluir
  4. Andressa n.

    Eu fico feliz de conseguir transmitir o que eu sinto, o que eu vivo diariamente!

    E fico triste de fazer sentirem tamanha tristeza, essa tristeza que mata por dentro como vc disse.

    ResponderExcluir
  5. Liz

    obrigado!! vou ver no seu blog e depois comento por lá! obrigado!

    ResponderExcluir
  6. admitir a perda é tão doloroso, não é?

    ResponderExcluir
  7. Verônica,

    sou um eterno admirador das suas palavras...


    Admitir é doloroso, mas quem ama admite só por fora, só pra o mundo exterior.

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo! De alguma forma suas palavras nos tocam, pelo menos a mim, você consegue passa exatamente o que esta sentindo ou ao menos tentando entender o que esta sentindo! Realmente, admitir a perda é algo doloroso!
    Se quiser veja um video que eu fiz (:
    Link: http://www.youtube.com/watch?v=t8JqWLoQaeQ
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Anônimo

    Obrigado, eu tento expor um pouco do turbilhão de sentimentos que tem dentro de mim.

    =)


    Vi seu vídeo, gostei e recomendo!!

    Beijos

    ResponderExcluir