quinta-feira, 29 de setembro de 2011

"Eu já tentei, mas não consigo te esquecer"



Eu preciso de um abraço forte, um abraço que me conforte, eu preciso de algumas palavras suas ao meu ouvido.

Lá fora está escuro, não há nenhum sinal de vida nas ruas, o vento sopra forte empurrando minhas lágrimas até o chão, as minhas memorias vão destruindo aos poucos o que sobrou do meu coração e tudo o que eu precisava nesse momento era escutar sua voz me acalmando, dizendo que vai voltar, dizendo que pra sempre vai me amar.

Eu sei, você está bem, está feliz com alguém. Vejo suas fotos, meu coração aperta e para de bater por alguns segundos, eu penso em ir atrás de você, olho para os céus e um voz me diz que é tarde demais. Talvez, melhor assim.

Me olho no espelho, os olhos estão vermelhos, estão encharcados, estou cansado, já passou da hora de dormir, assim como já passou da hora de sofrer, mas eu não consigo, eu não consigo, não dá, não consigo te esquecer, já tentei te esquecer,  mas talvez, melhor assim.


(Marcos Ferna)


VEJA TAMBÉM: