quinta-feira, 10 de março de 2011

"Eu desisto de você"



Cartas e fotos espalhadas pelo chão ficam manchadas com as lágrimas que caem dos meus olhos com as lembranças que insistem em serem presentes.
Sinto-me um tanto infantil e descabido por chorar, por sentir sua falta, justo eu que prometi nunca mais perder lágrimas por você, justo eu que jurei na frente de muito gente não querer mais você.
Meu coração jogou a toalha, cansou de se machucar em uma luta que nunca vai ganhar, uma luta desleal de amor e desilusão.
Eu peço pela ultima vez uma ajuda dos céus para que a dor seja aliviada, porque eu desisto de você, eu desisto de sofrer.
Justo eu que fiz promessa para te ter, hoje peço a Deus para te esquecer.

(Marcos Ferna)

VEJA TAMBÉM: